sábado, 28 de maio de 2016

Aproveitar os nãos

Não é sempre que a gente consegue tudo que quer na vida. Aliás, acho que o que mais acontece é não conseguir, né? Mas, em vez de ficar emburrado, a gente pode aproveitar o não.

Quando passei em meu primeiro concurso, tive que mudar de cidade para tomar posse. Até chorei quando fiquei sabendo. A cidade nova NÃO era Belo Horizonte, e NÃO tinha família, amigos ou  vida cultural. Mas era barata, segura e tranquila. Aproveitei para me associar ao clube, fazer uma pós, juntar dinheiro, viajar e curtir a vida de recém-casada.

Eu e o Leo NÃO temos filhos (foi decisão conjunta, mas também podíamos não ter conseguido). Depois que batemos o martelo, olhamos um para o outro e nos perguntamos: já que não temos filhos, o que vamos fazer de bacana? Resposta número 1: vender tudo e sair viajando. Resposta número 2: embarcar em uma carreira internacional. (Sim, dá pra fazer tudo isso com rebentos, mas é mais complicadinho.)

Eu NÃO sei dirigir. Tenho carteira e tudo, mas faz muito tempo que parei e não sei mais como faz. Dirigir é uma ótima habilidade? Com certeza. Alguém morre por não saber dirigir? Claro que não. Então eu ando de ônibus (o que é ecológico e saudável, porque caminho de casa até o ponto, do ponto até o trabalho, e vice-versa), ando de carona (o que desenvolve minhas capacidades sociais) e ando de táxi e de Uber (o que, no fim das contas, fica mais econômico do que ter carro).

Eu NÃO um monte de coisas. Mas NÃO deixo de ser feliz por isso.

PS: Eu NÃO sei assobiar. Mas aqui ainda não vi vantagem.

14 comentários:

  1. Hahahaha, também não sei assobiar e queria saber.
    Tenho pensado muito nisso, em aproveitar a vida como está, as oportunidades como se colocam, mas olha, NÃO tá fácil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, Lu? Puxa, eu achei que você estava tão contente e realizada quando a gente se encontrou em Brasília. Mas te entendo - na vida, as coisas mudam rápido e nossos sentimentos a respeito delas também.
      Força aí. Querendo desabafar (inclusive por e-mail), às ordens.

      Excluir
  2. Aliás, eu também não sei assobiar, e nunca tinha pensado nisso como um NÃO alguma coisa. Acho que nunca fez falta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que só faz falta pra chamar alguém que está do outro lado da rua e ainda não te viu, rs. Uma situação bastante pontual, confesso!

      Excluir
  3. Eu não sei andar de bicicleta ... :-(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por outro lado, você nunca caiu dela e se machuchou, né? (Momento Poliana). Talvez você saiba dirigir, o que compensa. Se não sabe, pense nas belas caminhadas que você dá! =D

      Excluir
    2. Verdade!!! Eu sei dirigir mas não sei andar de bicicleta.
      Sabe, eu sempre tive vergonha de dizer que não sei andar de bicicleta... mas já desapeguei dessa vergonha

      Excluir
  4. Eu NÃO tô vendo este seu blog linkado no Central do Textão. Só o outro. Linka esse também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Rita, mas eu fico tímida... Aqui eu falo abobrinhas mais pessoais, rs.

      Excluir
  5. Adoro suas abobrinhas... kkk m divirto... eu sei assoviar e sempre achei um saco.. pq tinha q ficar m policiando pea fazer isso sozinha pra naum padecer pedreiro em obra (nada contra essa profissão. .. mas é muito masculina rsrs);agora virei mãe e adivinha. .. assoviar tá sendo útil o pequeno fica m olhando e prata d chorar. .. eu tb aproveito as oportunidades e procuro ser feliz. ..

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana! Acho que você vai chegar no Terminal Rodoviário Interestadual (http://dicasdomundo.com.br/d/brasilia/transporte-brasilia-rodoviaria-metro-331). Você pode pegar metrô ou ônibus para chegar à rodoviária do Plano Piloto.

      Dali ao Itamaraty são uns 25 minutos de caminhada no plano, mas pode ser meio complicado por causa do calor. Há muitas opções de ônibus (copie e cole o endereço seguinte no seu navegador): https://www.google.com.br/maps/dir/Rodovi%C3%A1ria+Plano+Piloto,+Bras%C3%ADlia+-+DF/Esplanada+dos+Minist%C3%A9rios+H+Minist%C3%A9rio+das+Rela%C3%A7%C3%B5es+Exteriores,+Pal%C3%A1cio+do+Itamaraty+-+Zona+C%C3%ADvico-Administrativa,+Bras%C3%ADlia+-+DF,+70170-900/@-15.7970498,-47.878839,16z/data=!3m1!4b1!4m14!4m13!1m5!1m1!1s0x935a3ae2046f7353:0xfb73700bc4a1281e!2m2!1d-47.8826805!2d-15.7936264!1m5!1m1!1s0x935a3b1e02415707:0x9692b5fbc6c4c835!2m2!1d-47.867293!2d-15.800604!3e3?hl=pt-BR.

      De qualquer forma, o site do transporte público de Brasília é www.dftrans.df.gov.br.

      Para ir à Embaixada da Áustria, que fica no Lago Sul, talvez seja melhor pegar um táxi ou um Uber, que por aqui está liberado. Se preferir o táxi, tem uma companhia que dá desconto de 20%, mas só se você pedir pelo telefone (61) 3321-3030.

      Quanto à estadia, não tenho contatos no Airbnb local, sorry.

      Me avisa quando você vier, sim! Adoraria tomar um café.

      PS: vou apagar seu comentário para não deixar seu número de telefone exposto, ok?

      Excluir
    2. Sua linda, muitissimo obrigada!

      Excluir
  7. Sua linda, muitissimo obrigada!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...