domingo, 10 de fevereiro de 2019

Jornada de 6 horas, parte II

No ano passado cogitei reduzir meu horário de trabalho de 8 para 6 horas, mas ficou só no mundo das ideias. Este ano, após algumas reviravoltas dramáticas no trabalho, estou com a permissão na mão. Só estou aguardando as coisas se normalizarem (colega novo para ser treinado, colega antigo ainda de licença) para começar.

A dificuldade agora vai ser essa: decidir o momento certo. Ainda não sei o que fazer no maravilhoso tempo livre a mais que terei, sem esquecer que o salário diminui proporcionalmente (então, preferencialmente, nada de hobbies caros. Que eu também não queria quando tinha o salário integral, mas enfim).

Ou seja, provavelmente ficarei arranjando desculpas para continuar com o expediente integral "até tudo voltar ao normal" e "por só mais uma semana" indefinidamente.

A ver.

5 comentários:

  1. Marca djá um dia no futuro. Abre a agenda e marca. Porque um dia chega ;)

    ResponderExcluir
  2. Pra mim 6 horas sempre foi o tempo de jornada ideal, pena que poucas vezes consegui. Acho que a gente acaba produzindo mais e melhor por não ficar tão cansada, ter que parar pra almoçar, enfrentar a preguiça do pós almoço e ainda um aumento na qualidade de vida, ter mais tempo e disposição pra algum exercício ou outra atividade. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que funcionou pra você, Elaine! Espero que seja bacana para mim também.

      Excluir
  3. Acho até que já comentei aqui: eu faço 6h e meu sonho de consumo são as famosas 4h. Infelizmente, eu não poderia mudar pra isso diminuindo meu salário porque aí eu ganharia menos que o mínimo, kkkk (cada K é uma lágrima).

    Mas acho que você deveria aproveitar e diminuir o mais rápido possível. Dinheiro é bom, mas qualidade de vida é melhor ainda!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...