quarta-feira, 13 de março de 2019

Antes tarde do que nunca, ou avaliação física depois de um mês de academia

Eu não quis fazer avaliação física na hora de entrar na academia, e claro que não foi uma boa ideia. Pedi para a instrutora fazer uma ficha para eu ganhar massa muscular (porque o último médico a que fui me fez um longo discurso sobre a perda dos músculos com a idade), e o resultado é que eu fiquei com muita fome, comi a valer e ganhei um quilo em um mês.

Desconfiei que esse quilo não era de massa magra e fui fazer a avaliação, né.

A notícia boa é que eu pareço ter no máximo 25% de gordura no meu corpinho. A notícia ruim é eu tenho de fato 29% de gordura no meu corpinho.

A notícia boa é que fiz 25 flexões em um minuto (apoiada nos joelhos, tá) e isso é um resultado excelente (e que atribuo a todos os exercícios que fiz para meus bracinhos esse último mês). A notícia ruim é que eu fiz 12 abdominais em um minuto e isso é um resultado regular ("regular" quer dizer ruim na vida real).

A notícia ruim é que acharam que eu tenho um ombro mais alto que o outro. A notícia boa é que já fui ao ortopedista por causa disso, da última vez em que fiz uma avaliação física, e não tenho nenhum problema de coluna.

A notícia ruim é que não preciso de uma ficha de exercícios para ganhar massa muscular (que é a minha atual), mas de uma ficha de exercícios para perder gordura. O avaliador físico disse que, se eu adquirir músculo sem me livrar da massa gorda, eles vão ficar escondidos e eu vou ganhar medidas em vez de perder. A notícia boa é que, para alcançar minha primeira meta, que é 26% de gordura corporal, preciso perder só dois quilos.

A notícia ruim é que 70% da perda de peso vem da alimentação.

E é isso. Não tem nada de bom para contrabalançar esse fato.

7 comentários:

  1. Desculpa, Lud, eu ri. :)
    Avaliacoes físicas sao sempre uma gangorra de emocoes.
    A notícia boa é que sao só dois quilos.
    Beijo e boa sorte!
    Rafa

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre acho que rola um complô nas avaliações físicas. Sempre a culpa é da gente mesmo, e tem que fazer regime. Aí, se não der o resultado "desejado" na academia, culpa sua que não fechou a boca. Afe. Já não basta estar fazendo exercício?

    ResponderExcluir
  3. Rindo, mas com respeito. XD

    Não lembro onde eu li, mas parece que essa coisa de um ombro mais alto que o outro (também tenho) é comum e não tão preocupante como parece. Também "descobri"o meu na avaliação de muay thai (sdds). Essas avaliações são as piores, porque a gente descobre coisa que nunca tinha nem prestado atenção antes. Descobri coisas sobre as minhas pernas e joelhos que preferia não tem descoberto antes, hahaha (ainda bem que são mais estéticas que qualquer coisa).

    Concordo com a colega de cima, não basta fazer exercício já? Eu quero fazer atividade física pra poder comer mais, não o contrário. :P

    ResponderExcluir
  4. Eu amo ler seus posts!! e eu ri tbm, desculpe... kkk

    ResponderExcluir
  5. Mas, gente, é pra rir mesmo!

    ResponderExcluir
  6. Lud, se vc fizer um treino focado em ganho de massa, muito mais eficientes e com resultados prolongados) associado a uma dietazinha, vai perder gordura. Ganhando músculos, seu metabolismo basal se eleva e isso favorece a perda de gordura. As coisas caminham meio que juntas. Em resumo: a estratégia mais eficiente é focar em ganho de massa muscular, ainda que o resultado nao seja imediato. Mas controlar a alimentação é fundamental pra ter resultados, infelizmente.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...